O Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB), visando ampliar as discussões sobre a reformulação do Código de Ética do Bibliotecário brasileiro, iniciará no dia 10/11/2017 uma Consulta Pública on-line sobre a proposta de texto do Novo Código de Ética e Deontologia do Bibliotecário brasileiro, cujo texto preliminar segue anexado. A Consulta estará aberta até o dia 10/12/2017..
 
Interna e externamente, as discussões sobre as questões éticas relacionadas com a atuação do Bibliotecário, com vistas a reformulação do seu vigente Código de Ética, foram iniciadas desde a 16ª Gestão do CFB, durante a realização dos Seminários Regionais de Bibliotecas Escolares e Públicas e de Ética Profissional. Eventos que aconteceram entre maio de 2014 e maio de 2015, nas cinco regiões do País, cujos resultados evidenciaram a necessidade da reformulação do Código de Ética.
 
Sua opinião é muito importante, por isso estamos contando com a participação de todos os Bibliotecários brasileiros, independentemente do cargo ou função que esteja exercendo, dentro ou fora da nossa área profissional, e até mesmo se você ainda for um acadêmico.
 
Desejavelmente, gostaríamos que o texto fosse analisado ponto a ponto. Sinta-se à vontade para contribuir da forma que desejar, complementando itens ou conteúdos que o texto proposto não contemplou, ou sugerindo a exclusão das partes que entender desnecessárias. Não se omita. Essa participação será mais uma oportunidade para você continuar contribuindo com o desenvolvimento da nossa profissão.
 
Por fim, esclarecemos que todas as contribuições recebidas serão sistematizadas, analisadas, aprovadas e incorporadas pela Comissão de Ética do CFB ao texto final da proposta do Novo Código de Ética e Deontologia do Bibliotecário brasileiro. Em seguida o texto será submetido ao Plenário do CFB para apreciação e aprovação (Clique aqui para acessar a Proposta do Novo Código de Ética e Deontologia do Bibliotecário e o Formulário de resposta à Consulta Pública). Estamos aguardando a sua contribuição.
 
Comissão de Ética Profissional do CFB